Total de visualizações de página

terça-feira, 19 de julho de 2011

Mudanças no calendário escolar em 2012

Início das aulas no 1º dia útil de fevereiro e férias escolares
de 31 dias em julho estão entre as novas diretrizes que as escolas
estaduais terão de adotar a partir do próximo ano.

Proposta visa compatibilizar o calendário do Estado com os
dos demais sistemas de ensino

       A partir de 2012, todas as unidades deverão encerrar as aulas regulares do 1º semestre no último dia útil de junho. As aulas do 2º semestre terão início no 1º dia útil de agosto e terminarão após se completarem os 100 dias letivos previstos para o período. 


        As férias para os docentes ocorrerão nos períodos de 1º a 15 de janeiro e de 1º a 15 de julho.
        Com o novo cronograma, durante todo o ano, os professores terão mais de 30 dias de recesso, divididos entre janeiro e julho (na sequência das férias) e dezembro (após o encerramento do ano letivo). “Na prática, descontados os dias de atribuição e planejamento em janeiro e julho, os professores terão no mínimo 53 dias de descanso, sendo 27 dias corridos, entre dezembro e janeiro, e outros 26 em julho”, explica o chefe de gabinete da Secretaria de Educação, Fernando Padula.
        Até este ano, os docentes tinham 30 dias corridos de férias em janeiro e apenas 10 dias de recesso em julho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário